Lançamento de novo relatório sobre tuk tuks na Índia

Transporte urbano sustentável na Índia: o papel do tuk tuk

Histórico

Por toda a Índia tuk tuks fazem mais de 229 milhões de viagens com passageiros por dia. É previsto que o número mais do que dobre a 482  milhões até 2031. A variação é de 15,000 a 30,000 tuk tuks nas cidades médias (população entre 1 a 4 milhões) a mais de 50.000,00 nas cidades grandes (população acima de 4 milhões).

Agora o  World Resources Institute (Instituto de Recursos Mundiais) e EMBARQ, Índia,  estão lançando o relatório mais abrangente até hoje sobre os tuk tuks, que fazem parte tão importante do transporte urbano nas cidades indianas.

O relatório, “Sustainable Urban Transport in India: Role of the Auto-rickshaw Sector,” (Transporte urbano sustentável na Índia: o papel do setor de tuk tuks), por Akshay Mani,Madhav Pai e Rishi Aggarwal, avalia o papel dos tuk tuks na promoção do uso de transporte público e na redução do uso de veículos particulares nas cidades. O relatório oferece também uma série de políticas para o setor dos tuk tuks visando melhorar o transporte urbano sustentável na Índia.

A publicação destaca a necessidade de reformas regulamentárias para promover serviços de entregas e aprimorar os veículos, reduzindo as  emissões poluentes e os riscos de segurança nas rodovias. A adoção destas reformas é chave para assegurar que os tuk tuks contribuam para um sistema de transporte mais eficiente, limpo e seguro.

Declaração de Akshay Mani, Coordenador do Projeto- Transporte Urbano, EMBARQ, Índia

“Dadas as tendências e desafios atuais do transporte urbano, como por exemplo, aumento de emissões poluentes e de fatalidades nas vias urbanas,  há urgência em promover opções mais sustentáveis de transporte na Índia. A implementação das reformas recomendadas—tais como promoção de serviços de entregas com base em frotas e melhoras de veículos—é essencial para assegurar que os tuk tuks possam servir como alternativa eficaz aos veículos motorizados particulares. Estas reformas são essenciais para mitigar os problemas ambientais e de segurança existentes hoje neste setor”.

 

Fatos Chave

  • Tamanho do mercado de tuk tuks varia entre cerca de 15,000 a 30,000 veículos nas cidades médias (população entre 1 a 4 milhões).  Mumbai tem o maior mercado com cerca de  150,000 tuk tuks.
  • Tuk tuks constituem entre 10 a 20 por cento do transporte motorizado das pessoas em Bangalore, Mumbai, Pune e Rajkot.
  • A produção de tuk tuks na Índia dobrou entre 2003 e 2010.
  • A alta concentração de partículas menores do que 10 microns (PM10) nas cidades indianas é problema crítico de saúde pública. Tuk tuks que utilizam motores com dois tempos são os principais contribuintes das emissões PM10.
  • A despeito da crença popular, os tuk tuks são o segundo mais seguro meio de transporte (depois de ônibus) para pedestres, provocando menos fatalidades, tanto em Mumbai como Bangalore.
  • Por outro lado, a segurança dos passageiros dos tuk tuks é motivo de grande preocupação nas cidades indianas devido à circulação mista de veículos, e a vários aspectos da engenharia dos tuks tuks que precisam ser abordados urgentemente.
  • Enquanto isto, a população nas cidades da Índia deve crescer dos estimados 340 milhões em 2008 a 590 milhões até 2030.

 

A publicação pode ser acessada: http://www.embarq.org/en/sustainable-urban-transport-india-role-auto-rickshaw-sector

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s