Manifesto da Slow Food em defesa do queijo de leite cru

O queijo de leite cru é mais do que um alimento maravilhoso, é expressão autêntica de uma de nossas melhores tradições gastronômicas.  É uma arte e um modo de vida. É uma cultura, um patrimônio e uma paisagem amada. E está ameaçada de extinção. Ameaçada pois os valores que incorpora contrastam com a esterilização e homogeneização de alimentos produzidos em massa.

Fazemos um apelo a todos os amantes da boa comida, na esperança de que respondam de imediato em defesa desta nobre tradição artesanal. Em defesa do que ao longo dos séculos se liga a boa hospitalidade, dá prazer e provê sustento, mas que agora corre o risco de perecer devido a novos regulamentos e controles sanitários globalmente impostos pela legislação da produção em massa.

Solicitamos o fim de todas as regulamentações discriminatórias da União Européia,  Organização Mundial do Comércio, FDA dos Estados Unidos e outras instituições governamentais que arbitrariamente restringem o direito de escolha do cidadão/consumidor de adquirir estes queijos, e ameaçam destruir o ganha pão dos artesãos que os produzem.
Lamentamos as tentativas das autoridades regulamentares de impor padrões de produção inatingíveis, em nome da proteção da saúde do consumidor.
Acreditamos que tais imposições acabam por ter efeito contrário ao intencionado. A saúde bacteriológica do nosso queijo artesanal de leite cru é destruída pelos processos de pasteurização e esterilização demasiado zelosos. Assim também a saúde dos seres humanos será prejudicada pela dieta de alimentos estéreis. Sem nenhum desafio, nosso sistema imunológico padece e nossa medicação torna-se ineficaz.
Além do mais, o sabor e aroma únicos do queijo se preservam pela não pasteurização.

Fazemos um apelo assim aos que têm o poder de preservar a diversidade e complexidade de nossos alimentos regionais e a saúde e estabilidade de nossas comunidades rurais, para que entrem em ação já para assegurar um sistema regulamentar flexível, justo e adequado,  controles sensatos e uma disposição positiva com relação ao futuro desta nobre tradição.
Fiquem atentos—uma vez perdidos os conhecimentos transmitidos através das gerações, as habilidades únicas e a responsabilidade que esta cultura exige, nunca mais podem ser resgatados.

Translated by Robin Geld

Via Slow Food

 


3 responses to “Manifesto da Slow Food em defesa do queijo de leite cru

  1. Pingback: Manifesto da Slow Food em defesa do queijo de leite cru « Sertãobras·

  2. Pingback: Sertãobras | Manifesto da Slow Food em defesa do queijo de leite cru·

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s